Integração entre SAP e Salesforce

Visão geral

Como uma das soluções de planejamento de recursos empresariais mais amplamente utilizadas no mercado, o SAP desempenha um papel fundamental nos processos de negócios mais críticos para muitas empresas. Para automatizar e otimizar totalmente esses processos de negócios, as empresas precisam integrar o SAP com outros aplicativos em sua organização.

Um dos cenários mais comuns da integração SAP é a integração entre o SAP e aplicativos de gerenciamento de relacionamento com clientes (CRM). Pioneira em aplicativos de software como serviço (SaaS), Salesforce.com é a atual líder de mercado em aplicativos de CRM. Como tal, a integração entre SAP e Salesforce, em particular, tornou-se um desafio bastante típico para as organizações.

Este artigo fala sobre a integração entre SAP e Salesforce, incluindo usos e benefícios, desafios e novas abordagens.

Usos e benefícios da integração entre SAP e Salesforce

A integração entre SAP e Salesforce é usada para sincronizar dados entre os dois sistemas. Por exemplo, quando informações de um novo cliente são inseridas no Salesforce, é importante que esses dados sejam disponibilizados em tempo hábil para finanças, gerenciamento de desempenho e outras funções de negócios gerenciadas pelo SAP. Outros usos da integração SAP-Salesforce são:

  • Sincronizar listas de produtos principais entre SAP e Salesforce
  • Enviar dados de oportunidades ganhas no Salesforce para o SAP para criação de faturas

Quando o SAP e o Salesforce estão devidamente integrados, as empresas podem agilizar e automatizar totalmente seus processos de negócios. As empresas ainda se beneficiam da integração entre SAP e Salesforce das seguintes maneiras:

  • Eliminação da necessidade da dupla inserção de dados, economizando tempo e dinheiro
  • Menos redundâncias de dados e erros causados pela inserção manual de dados
  • Maior agilidade para tomar providências com base em novas informações rapidamente

Desafios da integração entre SAP e Salesforce

Embora a integração já exista há mais de uma década, o desafio específico de integrar SAP e Salesforce é muito mais recente. Antes de o Salesforce se tornar amplamente usado, a integração entre ERP e CRM geralmente significava conectar dois ou mais aplicativos on-premises. A integração entre SAP e Salesforce, no entanto, requer uma nova abordagem para levar em conta as diferenças tecnológicas entre a solução on-premises SAP e o modelo de entrega baseado em nuvem Salesforce.

Além disso, as abordagens tradicionais de integração são caras e complexas. A integração direta ponto a ponto, por exemplo, tem sido utilizada em alguns casos como uma solução ad hoc rápida para os desafios da integração entre SAP e Salesforce. No entanto, essa abordagem cria fortes dependências entre os dois sistemas, resultando em um ambiente frágil e uma arquitetura progressivamente mais complexa à medida que novas integrações são adicionadas ao longo do tempo.

As pilhas SOA são outra maneira de integrar SAP e Salesforce. Enquanto as pilhas SOA permitem o acoplamento flexível entre aplicativos e fornecem às organizações maior flexibilidade para lidar com as mudanças, uma pilha SOA completa de um grande fornecedor normalmente requer custos iniciais proibitivamente altos, e sua implementação leva anos.

Mule como ESB - a melhor maneira de integrar SAP e Salesforce

Uma abordagem alternativa para correções rápidas ponto a ponto e pilhas SOA caras é integrar o SAP usando um ESB (Enterprise Service Bus).

Mule como ESB é o único barramento de serviço empresarial a ser certificado pela SAP para a integração SAP. O SAP Enterprise Connector da Mule fornece comunicação bidirecional e funciona com as tecnologias SAP existentes, como:

  • Documentos intermediários (IDocs)
  • Interfaces de programação de aplicativos corporativos (BAPIs)
  • SAP Java Connector (JCo)

Além disso, Mule como ESB fornece a tecnologia líder do setor Cloud Connect, que pode ser usada junto com o conector certificado pela SAP para simplificar drasticamente a integração com as diversas APIs da Salesforce. Com Mule como ESB, a integração entre SAP e Salesforce nunca foi tão fácil.